sexta-feira, 4 de março de 2011

SAMBA-ENREDO*

Tantos abraços abracei
(hoje me quedo a lembrar)
poucos carinhos refutei
amor foi mesmo feito pra se dar

ano após ano me envolvi
sempre com mais alguém
meu coração só entende de adição
divisão não, de visão sim

sempre visionário
São Tomé ao contrário:
crer pra ver tudo acontecer
o que sonho logo realizo, fazer o que?

antes que a morte surja mascarada
num de seus disfarces infinitos
mais fantasias terei eu criado
pra brincar na folia dessa vida
muito carnaval terei pulado
entre a porta de entrada e a de saída

Ana Guimarães

*Já publicado em imperdível edição pelo portal Cronópios, confiram: http://www.cronopios.com.br/carnaval/

3 comentários:

  1. Rsrsrs... Bárbaro, Ana! :)
    Você é das minhas... ;)
    Beeeijos!!! :)

    ResponderExcluir
  2. Ana,

    poesia e alegria, o mais puro carnaval...

    beijo,

    r

    ResponderExcluir
  3. Queridos Ana Lucia e Renato: muitos abraços!

    ResponderExcluir